Gol de Anacleto

Gol de Anacleto

Há exatos 50 anos, o Internacional de Lages pintou de vermelho o futebol catarinense. No dia 27 de março de 1966, o Colorado Lageano derrotou o lendário Metropol, de Criciúma, por 2 a 1 e conquistou o estadual, válido pela temporada de 1965. Esse é o maior título do Colorado Lageano até hoje.

Ricardo, Zez__, Puskas, Dair e Anacleto (esq. para dir.)
Ricardo, Zezé, Puskas, Dair e Anacleto (esq. para dir.)

O ponta esquerda Anacleto fez os dois gols vitória, e Edson Madureira descontou para o adversário. Mas, para além do artilheiro do jogo decisivo, toda a equipe tinha jogadores que até hoje figuram entre os grandes ídolos colorados: o goleiro J. Batista, o zagueiro e capitão Setembrino, o centro médio (hoje, volante) Roberto Caramuru e a linha de frente que ainda hoje muitos colorados recitam como poema: Zezé, Ricardo, Puskas e Anacleto. Abílio ainda reforçou o ataque na reta final do campeonato

Volta ol__mpica

Na partida decisiva, os comandados do treinador Boanerges Ávila entraram em campo com J. Batista, Antenor, Leoquídeo, Setembrino e Carlinhos; Dair e Almir; Zezé, Ricardo, Puskas e Anacleto. Ficaram de fora Caramuru e Abílio, mas eles se juntaram aos milhares de lageanos que lotaram o Estádio Vidal Ramos Júnior para torcer não apenas por um time, mas por toda uma cidade. Afinal, era Lages que vestia vermelho naquela tarde memorável.

 Anacleto-recebe-a-faixa-de-campeão
Anacleto-recebe-a-faixa-de-campeão

Campeões de 1965: vocês nunca serão esquecidos. A todos vocês, nosso eterno e emocionado agradecimento

 

Fotos do título do Inter de Lages (Fotos: acervo Mauricio Neves de Jesus

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here