Dirigentes da Fesporte e do Instituto Parati durante a renuniãoAna Cristina Zandavalle

Dirigentes da Fesporte e do Instituto Parati durante a renuniãoAna Cristina Zandavalle

Representantes da Fesporte e do Instituto Parati reuniram-se na tarde desta terça-feira (16) para discutir a realização da edição 2016 do Campeonato Catarinense Escolar de Futebol, o Moleque Bom de Bola. Pela Fesporte estiveram presentes o presidente da entidade Osvaldo Juncklaus, além do diretor de esportes Luciano Heck e Jeferson Batista, da Gerência de Esporte de Base e Inclusão. Pelo Instituto Parati participaram José Paulo Teixeira, diretor executivo, e Luiz Carlos Fraga, coordenador do Projeto Bom de Bola. Pela TVCOM esteve presente o seu diretor Chico Vargas.

Na reunião, que ocorreu na sede do Instituto Parati, no Itacorubi, em Florianópolis, os dirigentes destacaram a solidificação da parceria entre Fesporte e o Instituto Parati na realização do evento, criado em 1992, e que ao longo do tempo já revelou inúmero talentos para o futebol brasileiro como Marquinhos, do Avaí, e Felipe Luiz, da Seleção Brasileira e do Atlético de Madri, da Espanha.

Osvaldo Juncklaus destacou que a realização do Moleque Bom de Bola é uma das ações mais significativas da Fesporte. “É um caso de sucesso, cujo modelo foi copiado por estados como Paraná e Rio Grande do Sul”, destacou.

Já José Paulo Teixeira reassumiu o compromisso do campeonato continuar a ser exemplo para o Brasil no que diz respeito à inclusão social por meio do esporte. “Na edição deste ano as escolas classificadas às etapas regionais e estadual receberão uniformes como nos anos anteriores”, garantiu. Foi definido ainda que as finais serão transmitidas pela TVCOM.

A edição deste ano do Moleque terá em todas as etapas 100 mil estudantes atletas inscritos na faixa etária de 12 a 14 anos oriundos de 1.200 escolas de 280 municípios catarinenses. Dois mil professores estarão envolvidos no evento.

O Moleque Bom de Bola 2016  começa em maio com as etapas classificatórias microrregionais. Dia 4 de outubro será o prazo final para a entrega pelos municípios das relações nominais e termo de desistência para todas as etapas regionais.

Já as etapas classificatórias regionais começam no período de 13 a 16 de outubro com as etapas regionais Oeste, cuja sede será Quilombo, e Leste-Norte, em Ibirama.

De 3 a 6 de novembro ocorrem as etapas Centro-Oeste, em Ipira, e a Sul, em Lauro Müller. Os campeões e vices destas etapas disputam a etapa estadual que será de 24 a 27 de novembro em São Ludgero.

Texto Antonio Prado

Fonte:fesporte

 

Dirigentes da Fesporte e do Instituto Parati durante a renuniãoAna Cristina Zandavalle

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here