José Elias Souza da Silva, popular Zé Elias, 51 anos de idade, desportista e empreendedor. Um incentivador e promotor do futsal em Lages. Aqui nesta semana vamos ter “Dois Dedos de Prosa” com ele.

CA ESPORTES: Desde que idade se interessou por esportes?

Zé ELIAS: Desde muito cedo, com uns 10 anos de idade, jogando bola na rua.

CA ESPORTES: Você já a foi jogador, qual posição que atuava e times que jogou?

ZÉ ELIAS: Jogador somente amador era goleiro.

CA ESPORTES: Nos anos 90 e inicio dos anos 2000 você foi dirigente treinador de equipes de Futsal em competições locais. Fale um pouco sobre as equipe e essa época?

ZÉ ELIAS: Comecei em 1997, neste ano tínhamos uma equipe que brincava nas quadras contra outros times. Fiquei sabendo que iria acontecer um Campeonato no Ivo Silveira, era o Campeonato de Acesso organizado pela LARS. Resolvemos então participar pela primeira vez de uma competição. O time nem tinha nome, daí optamos por MABRIL. Por incrível que pareça fomos à sensação da competição, chegamos à final e vencemos por 15 a 3 a equipe do Guarani do Bairro Santa Helena. Tivemos a melhor defesa com o goleiro Adilson Batista e o vice-artilheiro Marino Costa na época com apenas 17 anos (fez 33 gols). Depois jogamos a 1ª Copa Society de Verão que contou com 20 equipes, novamente fomos campeões.

MABRIL Futsal 1997/1998

CA ESPORTES: Foi com sua coordenação que nasceu a equipe da Madeireira Aparício no inicio dos anos 2000, como ela marcou na sua vida?

ZÉ ELIAS: Em 1998 entrei em contato com o senhor Alceu Batista proprietário da Madeireira Aparício. Na ocasião pedi um patrocínio para a equipe, e mudamos o nome do time de MABRIL para MADEIREIRA APARÍCIO. Com esta equipe participamos de diversas competições nos anos de 98, 99 e 2000, conquistando diversos títulos em Lages e na Região da Amures. Fiz então um projeto para participarmos do Estadual da Primeira Divisão em 2001, depois do projeto pronto, a Diretoria da equipe optou por trazer um treinador de outra cidade e acabaram me afastando da equipe sem explicações. O time não obteve bons resultados no turno da competição, então acabei sendo convidado a assumir a equipe no returno, chegamos a ficar entre os 4 melhores times, fomos eliminados pela equipe de Pinhalzinho que tinha o professor Marquinhos Reis como treinador. Em 2002, o professor Marquinhos que havia sido vice-campeão com Pinhalzinho veio para Lages e assumiu a equipe da Madeireira Aparício sendo treinador nos anos de 2002 e 2003. Nestes anos formei a equipe da Marka Sports e voltei a participar das competições locais.

CA ESPORTES: Grandes nomes do futsal lageano passaram por sua orientação técnica e profissional, poderia citar alguns nomes?

ZÈ ELIAS: Durante os 18 anos formei equipes com diversos nomes, cerca de 250 atletas atuaram nestas equipes. Destes atletas alguns se destacaram a nível Nacional. Marino Costa, Marcos Costa e Edgar Duarte, iniciaram em equipes adulta jogando comigo. Mário Júnior e Daniel Mendes iniciaram em outros times e também jogaram nas minhas equipes, esses todos jogaram a Liga Nacional em grandes equipes do Brasil. E agora este ano mais um jogador que iniciou nos meus times com apenas 14 anos está disputando a Liga Nacional, Artur Rovaris (DUDI) do time Marechal Rondon.

Madeireira Aparício Futsal 1998/1999/2000/2001

CA ESPORTES: Como foi ser treinador da equipe Marka/Bastos Futsal?

ZÉ ELIAS: Em 2002, 2003 e 2004 estive à frente da equipe da Marka Sports, em 2005, 2006 e 2007 o time era o Supermercado Bastos, onde nestes 6 anos conquistamos diversos campeonatos com essas duas equipes. Final de 2007 fiz um projeto inovador e trouxe 15 empresas para patrocinarem e pagarem o salário de cada um dos 15 atletas, surgia então à equipe da Associação Marka/Bastos/Pinheiro. Este time disputou o Estadual da 1ª Divisão em 2008 (3º lugar), 2009 (5º lugar) 2010 (6º lugar) e 2011 (3º lugar), encerrando suas atividades neste ano. Ser treinador desta grande equipe foi uma ótima experiência.

CA ESPORTES: Fale sobre a migração de dirigente e treinador para promotor de eventos esportivos!

ZÈ ELIAS: Em 2012 com a extinção da Marka/Bastos, resolvi fazer um novo projeto e criei a equipe ALF – Associação Lageana de Futsal, participamos em 2012, 2013 e 2014 de 12 campeonatos, vencemos 9 e fomos vice em 3. No 2º semestre de 2014, não havia mais competições em Lages, então resolvi encerrar o meu ciclo à frente de equipes e fazer as competições de futsal em Lages, sempre com o apoio da FME. Criei então a Copa Ki- Bola de Base e Adulto (com o apoio dos irmãos Sérgio e Carlos Fontana), é mais recentemente a Copa Marka de Base e Adulto (Com o apoio do senhor Lúcio Amarante). Competições essas que estão paralisadas desde o início da Pandemia, que deverão retornar no segundo semestre (assim que as competições forem liberadas).

CA ESPORTES: Como você vê o futsal de Lages nos últimos anos? ZÉ ELIAS: Lages é um celeiro de grandes jogadores, já tivemos diversas equipes de ponta. A pandemia acabou atrapalhando os projetos das nossas atuais equipes que disputam o Estadual. O Lages Futsal, Associação Jânio Barbosa e o Atlântico, possuem dirigentes abnegados e estão representando muito bem o nosso futsal.

C A ESPORTES: Se fosse montar uma seleção do futsal lageano nos últimos 30 anos (década de 90 e as duas décadas dos anos 2000), qual seria tua seleção.

ZÉ ELIAS: Esta pergunta é muito difícil. Acompanho o futsal Lageano de 1997 até hoje. Vou fazer uma seleção com os melhores (deixar claro que é opinião minha) que jogaram comigo e vi jogar. Goleiros: Dudu, Nezi, Wilton, Lucas, Maurício (Monstro) e Mateus (Ping). Edgar Duarte, Daniel Mendes (Japonês), Ederson Vargas (Ratinho), Adriano (Drica), Jakson Alemão, Fabrício Borges, Marino Costa, Marcos Costa, Sidnei Fagundes (Galinho), Pablo Klagemberg, Felipe Medeiros, André Felipe (Polaco), Adriano Gonzatto (Tio Nanas), Mario Júnior, Luiz Ricardo (Pimenta), Artur Rovaris (Dudi), e etc…

CA ESPORTES: Se fosse convidado a opinar sobre alguma mudança no esporte de Lages, qual seria sua sugestão?

ZÉ ELIAS: Sempre fui a favor do trabalho de Base, atualmente estou à frente da Escolinha Marka, onde em 2017 numa parceria com o senhor Lúcio Amarante (Loja Marka Sports) e juntamente com o professor Edgar Duarte, formamos um projeto que graças a Deus deu certo. Vou usar aqui as palavras do mestre e maior de todos Fernando Ferreti em entrevista quando viria para o Lages Futsal “Equipes formadas só no Adulto são episódicas e tendem a desaparecer. Já equipes que investem na Base se tornam longevas”.  Em minha opinião, as equipes que hoje representam nossa cidade deveriam ter esta visão, investir na Base, e deixo aqui uma dica, procurem acompanhar as competições de Base, em 2019 tivemos 1210 atletas de Lages e Região participando da Copa Ki Bola, um celeiro de novos talentos que surgem. Assim que estas competições retornem, os dirigentes dessas equipes vão ao Ginásio que com certeza encontrarão excelentes jogadores.

Associação Marka/Bastos/Pinheiro 2008/2009/2010/2011

CA ESPORTES: Porque a paixão pelo Futsal?

ZÉ ELIAS: O futsal é um jogo muito emocionante e dinâmico. Já vencemos e perdemos partidas faltando apenas um segundo. Vou parafrasear meu grande amigo Wilson Gonçalves (um dos maiores estudiosos e conhecedor do nosso futsal), “O futebol é um Jogo de Damas, já o futsal é um Jogo de Xadrez”, por isso é uma grande paixão.

CA ESPORTES: Ginásio favorito; Ivo Silveira ou Jones Minosso?

ZÉ ELIAS: Eternamente o Ivo Silveira, Jones Minosso deve ser destinado na minha opinião apenas a grandes eventos, o Ivo Silveira é a minha segunda casa, o Templo do Futsal Lageano”.

CA ESPOPRTES: Agradecemos sua atenção em nos proporciona este “Dois Dedos de Prosa” ao nosso Portal CA Esportes, deixe suas considerações finais!

ZÉ ELIAS: Primeiramente agradeço sempre a Deus pela contribuição que pude e posso dar ao nosso futsal. Parabenizo aqui todos os abnegados Lageanos que lutam ou lutaram pelo nosso esporte e todos os atletas que participaram das minhas equipes durante esses 18 anos. Não poderia deixar de citar aqui aquele que pra mim é um ícone quando se fala em futsal aqui em Lages, pela sua contribuição em elaborar competições durante 25 anos, principalmente com categorias de Base, o senhor Jaime Refinski (popular Sujeira) é uma inspiração, hoje estou tentando dar continuidade em um trabalho de Base por ele idealizado, o nosso futsal deve muito a este grande amigo. E também agradeço a você Celso Aurélio, um grande profissional na área de Matérias Esportivas, que conheço há mais de 30 anos, obrigado pela lembrança a minha pessoa. Abraço aos amigos do nosso glorioso futsal. Obrigado.

veja Mais fotos

Super Bastos Futsal 2005/2006/2007

ALF -Lages Futsal 2012/2013/2014

Está foto é da última competição que participou., onde foi campeão invicto, melhor defesa e artilheiro da V Copa Amures 2014. Equipe Lages Futsal

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here