Juliano Nixon de Souza, 28 anos de idade, funcionário público Municipal, estudante  e árbitro de futebol.

Ele é o nosso entrevistado desta semana aqui Portal CA Esportes em nosso “Dois Dedos de Prosa “ e através dele vai nossa homenagem a todos profssioanais que trabalham com arbitragem esportiva pela passagem do dia do Árbitro,que ocorreu dia 11 de Setembro.

CA Esportes: Há quanto tempo você arbitro?

Nixon: Há  7 anos no amador e a 4 anos no profissional.

CA Esportes: Você fez algum curso da Federação?

Nixon: Sim, sou formado na Escola  de arbitragem  Gilberto Nahas (FCF).

CA Esportes: Como que é arbitrar o futebol amador e varzeano em Lages?

Nixon: O futebol é um só, o que diferencia nos amadores é a estrutura dos campos e das equipes,  especificamente em Lages, a falta de incentivo e  investimento são os maiores vilões do futebol amador, nos campos que é onde acontecem um dos maiores campeonatos da região(Jocol) as condições são alarmante,  já presenciei diversas lesões que aconteceram por más condições nos campos, os quais além de irregulares, muitos tem diversos buracos e toceiras de mato que dificultam a corrida dos atletas e da equipe  arbitragem, um total descaso com uma das unicas forma de lazer dos lageanos.

CA Esportes: Até aqui o mais marcou de positivo em sua carreira?

Nixon: A união da classe de Arbitros foi um dos fatores que sempre me deu força, como a arbitragem também é um time, se erra um, erram todos. É uma honra fazer parte dessa categoria que tanto se dedica par dar o seu melhor, sempre de maneira ética e fiel aos princípios do verdadeiro futebol.

CA Esportes: O que mais marcou negativamente?

Nixon:Infelizmente a falta de reconhecimento na Arbitragem é um dos maiores obstáculos ao meu ver, dos clubes até a sociedade em si, somos o país do futebol, temos esse esporte como ferramenta de conscientização e transformação social, mas para isso precisamos saber usá-las, esse mesmo esporte inclusive já mudou a minha vida, pois vim dos esportes de base onde aprendi a respeitar e ser um cidadão melhor, pensando sempre no grupo como uma família.

CA Esportes: Sua opinião sobre o VAR?

Nixon: A tecnologia sem dúvida pode ser uma das grandes aliadas da arbitragem,  sabemos que um único gol pode mudar o resultado do campeonato, e se existe a possibilidade de sermos mais acertivos, precisamos se aperfeiçoar pra sermos o mais justo possível.

CA Esportes: Quem é o seu modelo na arbitragem atualmente?

Nixon: Existem vários, cada um com características diferente, gosto muito do professor Bráulio da Silva Machado em razão da sua técnica, mas principalmente por sua humildade, outro nome que admiro é o professor Kleber Gil, outro exemplo de dedicação e técnica em campo.

CA Esportes: Durante a pandemia como tem feito para manter-se na ativa?

Nixon:Faço alguns exercícios em casa como flexões e outros exercícios aeróbicos, e pra fechar uma boa corrida de rua, sempre de marcará e passando o mais longe possível das pessoas.

CA Esportes: Quais os seus projetos na arbitragem, almeja algo mais além?

Nixon: Amo o esporte e realmente acredito que ele tenha um papel transformador na sociedade, pela nossa conjuntura, Lages tem um dos maiores clubes de futebol do estado “Inter de Lages”, é uma pena que não estamos usando esse potencial para dar visibilidade a uma liga federada na cidade, a qual vai profissionalizar e dar suporte não só a arbitragem, mas  principalmente ao futebol amador, trazendo visibilidade e sendo vitrine inclusive  para o profissional, gostaria muito de articular e estreitar essas relações, mostrando o enorme potencial futebolístico que a cidade tem.

CA Esportes : Agradecemos sua disponibilidade conceder essa entrevista ao nosso Portal CA Esportes e deixamos o espaço para sua mensagem final.

Nixon: Mais uma vez agradeço a honra e consideração em ser chamado para essa entrevista, pois mostra o reconhecimento ao meu trabalho, o qual tanto tenho prazer em desempenhar, e claro, um grande abraço aos jornalistas esportivo e todos os desportistas que fazem o esporte acontecer em Lages.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here