Bruno

Nesta quarta-feira, o Internacional de Lages chegou muito perto da classificação para a segunda fase da Copa do Brasil. A vitória por 1 a 0 contra o Sampaio Corrêa não foi suficiente para o Colorado Lageano ir adiante na competição, mas representou mais um avanço para o clube – e não apenas dentro de campo.

Fora das quatro linhas, o Inter de Lages trabalhou por semanas no planejamento para a viagem mais longa já realizada pelo clube em sua história. Foram, ao todo, 6.294 quilômetros de deslocamentos entre Lages e São Luís, viagens de ônibus e avião e hospedagem em dois diferentes hotéis em um intervalo de cinco dias.

A jornada começou no último sábado, quando a delegação embarcou para Gaspar, onde se hospedou antes de enfrentar no domingo o Brusque – distante 26 quilômetros – pelo estadual. Ela termina no início da tarde desta quinta-feira, quando o grupo chega a Lages de ônibus depois de pousar em Florianópolis.

A viagem entre Lages e São Luís é uma das mais longas entre todas as que serão realizadas pelos participantes da Copa do Brasil de 2016. Como o Inter disputará três partidas em um intervalo de oito dias – a última será neste domingo, em casa, contra o Avaí -, toda a comissão técnica participou da definição dos trajetos e horários dos deslocamentos. Esse cuidado extra foi tomado para reduzir ao máximo o desgaste físico dos atletas nessas viagens.

Sampaio Corr--a 0 x 1 Inter

Foram três semanas de trabalho na definição do itinerário. José Reis, gerente de futebol, definiu horários de voos, por exemplo, depois de consultar o treinador Waguinho Dias, o auxiliar técnico Gustavo Camargo, o preparador físico Agenor Junqueira, o fisioterapeuta Betinho Souza e o coordenador técnico Giovani Nunes. Foi assim que se optou pelo voo de partida na noite – e não na tarde – de segunda-feira. No primeiro, o deslocamento durou pouco mais de seis horas. A segunda opção, com maior tempo de conexão, representaria uma viagem de mais de 13 horas.

O Inter chega a Lages na tarde desta quinta-feira e retoma os trabalhos na sexta. A partida de despedida da equipe do estadual, neste domingo, será também uma maneira de celebrar a classificação para a Série D do Brasileiro – e a vitória mais distante de casa já conquistada pelo clube.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here