Willian Deschamps, de Blumenau, e Anny de Bassi, de Baneário Camboriú, conquistam bicampeonato dos 100mLucas Inácio
Willian Deschamps, de Blumenau, e Anny de Bassi, de Baneário Camboriú, conquistam bicampeonato dos 100m – Lucas Inácio 

Neste domingo, 9 de outubro, começaram as competições da 29ª edição dos Joguinhos Abertos e o atletismo foi a grande modalidade do primeiro dia. A Pista Olímpica de Caçador recebeu decisão em 14 provas com destaque para os 100 metros rasos que teve repetição dos campeões de 2015 nos dois naipes. Agora os bicampeões já estão com a cabeça nos Jogos dos adultos, ou seja, os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc).

No masculino, Willian Deschamps, atleta de Blumenau, repetiu o feito de 2015, porém não bateu seu o recorde conquistado em Itajaí. A marca de 10,62s do ano passado não foi superada, mas ele conta que está feliz com o resultado. “Esse foi meu último ano de Joguinhos e fico muito feliz de ter conquistado o bicampeonato. Ano passado foi em pista sintética e então consegui quebrar o recorde da competição. Como nesse ano era na pista de carvão, sabia que não conseguiria baixar o tempo e meu objetivo foi alcançado.”

A partir de agora, o velocista se prepara para os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) de Tubarão, em novembro, e se diz preparado em competir entre os adultos, mesmo com um nível mais forte.

Já a vencedora dos 100 metros rasos, Anny Caroline de Bassi, de Balneário Camboriú, também é bicampeã da prova e se prepara para os Jasc. A diferença, é que, em 2015, ela foi campeã no adulto. Neste ano, o objetivo é conquistar seu segundo bicampeonato no Sul do estado. “Eu gosto bastante de competir com as adultas, pois elas também são bem fortes. Ano passado venci os Jogos Abertos e agora meu objetivo é ir para medalhar, se der ouro, melhor ainda. Eu fico muito ansiosa, há uma semana antes eu já não durmo direito, mas estamos aí e é uma sensação realmente muito boa”, conta a sorridente enquanto mostra a medalha.

Mais campeões

A primeira medalha de ouro dos Joguinhos Abertos foi conquistada por Ana Laís Bayer no lançamento do martelo. A atleta de Joinville conquistou o tetracampeonato da competição com recorde: 56,55 metros. Joinville também conquistou ouro no salto em altura masculino, com Guilherme Trentini, e nos 1.500 metros, com Aline Mirian Paszuk.

De São José, vieram mais dois campeões neste domingo. Fábio de Oliveira, nos 400 metros (recorde da prova nas semifinais), e Micaela Mello, nos 100 metros com barreira.

Fonte: Assessoria de Comunicação Fesporte

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here